CNEC comemora 75 anos com agenda nas comunidades

Ao longo do ano, os cenecistas promoverão eventos de prestação de serviços, lazer e cidadania em todo o país.

riada em 1943, pelo professor Felipe Tiago Gomes, a Campanha Nacional de Escolas da Comunidade é uma rede de ensino que tem por finalidade alcançar as regiões mais vulneráveis com oferta de educação de qualidade.
A Instituição atua nos segmentos de educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio, Graduação e Pós-graduação (presencial e a distância), Educação de Jovens e Adultos e Profissionalizante.
As instituições educacionais estão localizadas em 18 estados e no Distrito Federal, onde conservam estruturas compatíveis com as características de cada região. Ao todo, são 112 colégios, 18 faculdades, 1 centro universitário, 56 polos de Educação a Distância uma editora e uma gráfica.
O plano pedagógico é baseado em Sistema de Ensino próprio, que alia tecnologia de ponta às atividades de sala de aula, com extensão didática em diversos canais virtuais de interatividade e atendimento personalizado.
Em 2017, milhares de alunos foram formados pela CNEC em todo o Brasil. Para facilitar o acesso, há programas de bolsas – com gratuidade de 50% a 100%, de acordo com o perfil do estudante. Além disso, a CNEC mantém quatro Centros de Educação e Assistência Social (CEAS), localizadas no Piauí, Bahia e Goiás.
Sobre o fundador
Felipe Tiago Gomes foi advogado de formação e docente no curso de Direito em universidades brasileiras. De origem humilde, teve apoio de patrocinadores para concluir o curso de nível superior. Trabalhando como bibliotecário, teve acesso ao livro de Haya de La Torre – líder peruano que militou pela educação de índios, lecionando gratuitamente neste propósito.
Inspirado na história, Felipe Tiago Gomes iniciou um movimento junto aos colegas de universidade para democratizar o ensino no Brasil. Começou com uma escola em Recife (PE), sob a nomenclatura de Campanha do Ginasiano Pobre.
Aos poucos, as comunidades foram envolvidas e passaram a se voluntariar para a construção de novos prédios. Anos mais tarde, nasceu a Campanha Nacional de Escolas da Comunidade – CNEC, que contabilizou mais de duas mil unidades no país, se configurando como o maior movimento comunitário da América Latina. Com a mudança da legislação, a CNEC passou a integrar o mercado privado de Educação, de cunho filantrópico, sem fins lucrativos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *